abdallah camelos


O melhor amigo do homem


Conheça as peculiaridades dos camelos, animais que convivem com os seres humanos desde os primórdios.

Testemunhas da história da humanidade, os camelos pertencem a classe dos camelídeos e são classificados como do reino: animalia, filo: chordata, classe: mammalia, ordem: artiodactyla, subordem: tylopoda, família: camelida e género: camelus, e são mamíferos ruminantes. ainda hoje os camelos têm um papel muito importante na cultura dos países árabes. na antiguidade já foram o principal meio de transporte de muitos povos, principalmente para travessias no deserto. são capazes de andar mais de 100 km num só dia sem se alimentar e conseguem ficar atê 15 dias sem beber água, e quando param para tomar água, são 120 litros em 10 minutos. podem levantar atê 500 kg e carregam até 270 kg alem de suportar temperaturas extremas...

Os camelos são oriundos do centro do leste da asia, e não existem praticamente camelos que vivem em estado selvagem, são no máximo 1000 animais que vivem em três grupos, que seria na zona do deserto do gobi, zona chinesa e mongol. o nome científico do camelo é camelus bactrianus e o do dromedário é camelus dromedarius e o coletivo de camelo e cáfila. existem no mundo 4 espécies de camelos, que são: gigas, hesternus, moreli e sivalensis. são animais fortes e super adaptados e chegam atingir a idade media de 50 anos.

Os nómades consomem a carne, leite, lã e a pele dos camelos, são utilizadas para fazer roupas, tendas e para revestir pufes, bancos e cadeiras dos povos da região. estima-se 1 milhão e meio de camelos domesticados existir no mundo. só na austrália vivem 30.000 em plena liberdade.

Com pelagem suave, e cores que variam do branco ao castanho escuro, permite certa refrigeração e impede que as areias batidas pelo vento possam ferir a sua pele. as patas são largas, chatas e cada uma possuí dois dedos para suportarem o seu peso na areia impedindo que o animal afunde. os camelos possuem três pálpebras, 2 internas e 1 externa bem comprida, dando a proteção necessária para suportarem ventos fortes.

Cada animal pode chegar de 500 á 900 kg e medir de 2 á 2,50 metros de altura. podendo assim chegar a velocidade de 65 km/h, mais rápido que um cavalo árabe.

As fêmeas ficam prenhas de 13 meses, dando apenas um filhote por gestação. após o nascimento a mãe e o filho necessitam de um período de repouso de ( 15 atê 20 ) dias sem assedio ou nenhum tipo de pertubação.

Os camelos selvagens se alimentam de plantas verdes em geral e ricas em líquidos. os alimentos transformam-se em reservas de gorduras, armazenadas em suas corcovas, que ficam cheias e altas e chegam atê pesar 35 kg e cada uma tem o tamanho de 0,75 cm. e são sempre utilizadas quando o animal fica grandes períodos sem se alimentar.

Os camelos possuem três bolsas no seu aparelho digestivo, ao se alimentar engole o alimento inteiro e o armazena nas bolsas ruminando três vezes o bolo alimentar pra depois ingeri-lo e em seguida fazer digestão. cada animal consome mensalmente em cativeiro uma tonelada e meia de ração, mais feno, ervas, capim, cactos, folhas e ramos; alem de 480 k de cenouras. e de e muito carinho...

A espécie foi a primeira a ser domesticada (há mais de 4500 mil anos a.c) o que quase ocasionou a sua extinção no mundo. atualmente existem mais camelos em cativeiros que em vida livre.

Já acostumados com o convívio com os seres humanos, geralmente são dóceis, medrosos e tranquilos, mas caso sintam-se ameaçados vão se defender dando chutes circulares e para trás com os membros posteriores e coices com os anteriores. usam a mandíbula para morder quando se sentem acuados. nesta situação ainda podem cuspir saliva ou regurgitar alimentos na direção exata de seus oponentes.

No brasil com exclusividade no estado do rio grande do norte, na capital em natal, localizado na praia de jenipabu, existe passeios de dromedários. os passeios são feitos nas dunas de areia e é bem divertido, alem do visual do mar de águas azuis, virou um ponto de turismo para a cidade.

Segundo a união internacional para a conservação da natureza e dos recursos naturais (iucn) o camelo selvagem se encontra criticamente em perigo. já o dromedário selvagem se encontra extinto da natureza, uma vez que só são encontrados exemplares domesticados.